Meu perfil




BRASIL, Sul, JACAREZINHO, Homem, de 15 a 19 anos, Informática e Internet, Música, TV e Novelas

Entrevista Especial com AIMAR LABAKI - Parte 1

. 

Meu entrevistado de hoje é um grande dramaturgo, que ainda acumula outras funções como: diretor, crítico teatral, ensaísta e tradutor. Apaixonou-se pelo teatro aos 15 anos e desde lá nunca mais abandonou a arte. Ele também emprestou seu imensurável talento pra televisão ao colaborar em várias novelas da teledramaturgia brasileira, além de ser o autor-títular da novela “Paixões Proibidas”. Minha “Entrevista Especial” é com o talentoso AIMAR LABAKI.

 .

Jéfferson Balbino: Aimar, como você descobriu sua vocação de dramaturgo?

. 

Aimar Labaki: Fui ao teatro pela primeira vez aos 15 anos. Naquela noite já soube que aquilo era o que eu queria fazer. Como desde muito pequeno sempre quis ser escritor, entendi desde o início que minha principal função no teatro seria como dramaturgo. Escrevi desde então. Comecei a trabalhar com teatro aos 18 anos. Mas só depois dos 30, em 92 comecei a ter meus textos encenados.

 .

Jéfferson Balbino: Você também é um conceituado crítico teatral. Como você avalia o Teatro Brasileiro?

 ..

Aimar Labaki: Nem tão crítico, nem tão conceituado. Até começar efetivamente a escrever e dirigir teatro, tive uma formação na prática e autodidata: fui assistente de direção, fiz iluminação para teatro (ganhei o APCA em 1985) e exerci a crítica, entre 1986 e 1990. Desde então, tenho feito coisas derivadas da crítica: escrevo ensaios, fui Curador de Festivais, etc. Mas nunca exerci a crítica propriamente dita fora daqueles 5 anos na Folha de S.Paulo e no Estado.

 ...

Jéfferson Balbino: Em sua opinião, por que o teatro não é tão reconhecido pela população brasileira como a televisão?

 ...

Aimar Labaki: O teatro é muito reconhecido e amado pelo povo brasileiro – quando este tem acesso à produção. Televisão chega, supostamente, de graça pra todo mundo. Teatro só chega a todos se houver uma política cultural que possibilite isso. Quando a população consegue ir ao teatro, gosta.

 ...

Jéfferson Balbino: Como autor teatral, qual trabalho você destacaria?

 ...

Aimar Labaki: “Tudo de Novo No Front” (1992), meu primeiro texto encenado. “Vermuth” (1998) dirigido pelo saudoso Gianni Ratto. “A Boa” (1999) escrito por encomenda para esses atores queridos que são Milhem Cortaz e Ana Kutner. “Pirata na Linha” (2000) e “ MotoRboy” (2002), dois textos para adolescentes que fizeram muito sucesso no SESI, dirigidos por Débora Dubois, que dirigiu também a primeira montagem de “Poda”(2004) em Florença, na Itália. Esta peça também foi montada no Rio, com o nome de “Campo de Provas” (2006) por Gilberto Gavronski. “Cordialmente Teus” (2003) com Renato Borgui e Débora Duboc. “O Anjo do Pavilhão Cinco”(2005) , baseado num original de Dráuzio Varella, dirigido pelo grande Emílio de Biasi.No final de setembro estréia “As Pernas do Século”, sobre Marlene Dietrich, dirigido por William Pereira, com Sylvia Bandeira. Considero minhas traduções como trabalhos de dramaturgo. Entre as várias já encenadas, destaco “Copenhagen” de Michael Frayn, “ Far Away”de Caryl Churchill e “Ismênia” de Yannis Ritsos.

 ...

Jéfferson Balbino: Você foi colaborador na novela “Quem é Você” (Rede Globo/1995). Como surgiu o convite pra você integrar a equipe dessa novela?

 ...

Aimar Labaki: Eu e Lauro César Muniz éramos amigos, nos aproximamos pelo teatro. Ele sabia do meu desejo de trabalhar na área e me convidou para trabalhar como colaborador na elaboração de uma sinopse, que viria a ser “Zazá”. Quando a sinopse já estava pronta, ele foi convidado a ser supervisor de “Quem É Você?”, mas acabou tendo de assumir a novela. Fizemos então esta novela, antes de “Zazá”.

 ...

Jéfferson Balbino: Você foi um dos responsáveis pela adaptação da novela “Seus Olhos” (SBT/2004). Como foi o processo de adaptação dessa novela mexicana?

 ...

Aimar Labaki: Não se tratava de adaptação, mas sim de uma novela nova escrita com as mesmas personagens centrais do original mexicano. Marcos Lazarini, que pegou a novela já iniciada, me chamou para ser colaborador. Mas ele já havia combinado com a emissora que precisaria cumprir um compromisso de cinema na Espanha. Como a novela foi esticada, ele precisou passar o trabalho para mim. De colaborador passei a autor, no terço final da novela. A sinopse original já havia se esgotado há muito. O próprio Marcos deixou uma história esboçada e eu levei até o final com total liberdade. Se pegarem a novela mexicana e a nossa perceberão que em comum só tem o título e o nome dos personagens principais. E o nome do suposto autor, já que nós brasileiros, verdadeiros autores neste caso, assinávamos apenas como adaptadores, tradutores, algo assim.

 ...

Jéfferson Balbino: Em 2007 você dirigiu a peça “A Graça da Vida” que tinha no elenco a grande atriz Nathalia Timberg. Que lembranças você tem desse trabalho?

 ....

Aimar Labaki: As melhores possíveis. O elenco maravilhoso, a começar por Nathalia, grande dama e a melhor profissional que já conheci, e Graziella Moretto, outra grande atriz, muito querida. Clara Carvalho, Emílio Orciollo Netto, Enio Gonçalves, todos. Pena que não conseguimos levar a peça para o Rio. Tenho certeza que seria um grande sucesso!

 ....

Jéfferson Balbino: Você é muito talentoso, é dramaturgo, diretor, ensaísta e tradutor. Qual dessas funções é a sua preferida?

 ...

Aimar Labaki: Sou um escritor. Todas as outras funções, que exerço com maior ou menor talento e facilidade, são derivadas dessa minha verdadeira vocação.

 ....

Jéfferson Balbino: Ainda no SBT você adaptou outra novela mexicana que foi “Os Ricos Também Choram” (2005). É difícil trabalhar num texto importado? Você modificou alguma coisa da obra original?

 ...

Aimar Labaki: Em “Os Ricos Também Choram” fui apenas colaborador. O verdadeiro autor era o Marcos Lazarini. Mas assinava como adaptador. A novela era tão diferente da mexicana que a do Marcos se passava durante a Revolução de 32.  

.

Escrito por Jéfferson Balbino às 17h03 [ ] [ envie esta mensagem ] []

Entrevista Especial com AIMAR LABAKI - Parte 2

.

 

Jéfferson Balbino: Um dos seus trabalhos que eu gostei muito foi à novela “Paixões Proibidas” (Band/2006). Como foi a responsabilidade em adaptar as obras de Camilo Castelo Branco pra teledramaturgia?

.

Aimar Labaki: Era uma co-produção com a RTP, emissora portuguesa, o que fazia a responsabilidade ainda maior. Para minha surpresa, foi um grande sucesso em Portugal – tanto que já reprisou lá. Aqui, por motivos não artísticos, foi muito mal. A direção de Ignácio Coqueiro era primorosa. Mas a Band desistiu da novela, mal ela começou a ser exibida. A ponto de tirarem do horário das 10 da noite e colocarem às 5 e meia da tarde.

 .

Jéfferson Balbino: A novela usou como artifício a nudez. Há alguma complicação para o autor inserir esse tipo de elemento numa trama?

 .

Aimar Labaki: Não era artifício. Era necessidade da trama – uma novela adulta, escrita originalmente para o horário das 22hrs.  Ninguém me pediu para inserir nada. Escrevi o que achava que era o melhor.

 ..

Jéfferson Balbino: Como foi sua participação na autoria da novela “Poder Paralelo” (Rede Record/2009)?

 .

Aimar Labaki: Fui apenas um colaborador de Lauro César Muniz. Meus companheiros Dora Castellar -braço direito de Lauro desde a sinopse - Mário Vianna, Rosani Madeira, Newton Canitto e Rosane Lima formavam um belo time.

 .

Jéfferson Balbino: Você foi colaborador do Lauro César Muniz em vários trabalhos. Que importância ele teve na sua carreira?

. 

Aimar Labaki: Lauro foi à pessoa que me abriu a primeira porta para ingressar na carreira. Aprendi com ele o be-a-bá do ofício, e por isso serei sempre grato. Nelson Nadotti, Herval Rossano, Duca Rachid, Marcos Lazarini e Ignácio Coqueiro foram as outras pessoas muito importantes na minha vida profissional, que me possibilitaram, até aqui, continuar a exercer meu ofício.

 .

Jéfferson Balbino: Já tem previsão de quando você volta a escrever pra televisão?

 .

Aimar Labaki: Assim que me contratarem novamente. Adoro escrever novelas.

 .

Jéfferson Balbino: Quais são suas perspectivas em relação ao futuro da telenovela no Brasil?

 .

Aimar Labaki: Qualquer previsão sobre o futuro das mídias e dos formatos é perigosa. Estamos no meio de uma época de grandes transformações. Mas ainda não inventaram um formato mais lucrativo. Além disso, o povo brasileiro tem uma relação afetiva com o gênero. Esses dois fatores me levam a acreditar que a telenovela continuará a ser hegemônica por algum tempo.

 ..

Jéfferson Balbino: Entre as novelas que estão no ar, qual você considera a melhor opção para o telespectador?

 ..

Aimar Labaki: Difícil escolher entre “Passione” de Silvio de Abreu e “Ti-ti-ti” de Maria Adelaide Amaral. Ambas são ótimas.

 ...

Jéfferson Balbino: Que mudanças a teledramaturgia sofreu ao longo dos anos?

 ...

Aimar Labaki: Ficou maior, mais rápida e mais rica, em todos os sentidos.

 ...

Jéfferson Balbino: Como é a sua rotina quando você está escrevendo uma novela?

. 

Aimar Labaki: Acordar, sentar e só levantar a bunda quando a cabeça não estiver mais funcionando. Acho que não muda muito de autor para autor.

 ...

Jéfferson Balbino: Qual trabalho seu pra televisão você considera o melhor?

 ...

Aimar Labaki: “Paixões Proibidas”, excelente folhetim, que é lembrado com prazer pelos poucos que viram no Brasil, e pelo muitos que viram em Portugal e na África.

    ....     

Jéfferson Balbino: Pra finalizar nossa entrevista, a nossa tradicional pergunta: Qual foi a melhor novela que você já assistiu?

 ...

Aimar Labaki: “O Casarão” de Lauro César Muniz, “ Gabriela” de Walter George Durst, “Dancin' Days” de Gilberto Braga e “ O Bem Amado” de Dias Gomes.

 ...

Jéfferson Balbino: Aimar, muito obrigado pela entrevista. Parabéns pela belíssima carreira que você tem. E muita sorte e sucesso nos seus próximos trabalhos. Grande abraço!

 ....

Aimar Labaki: Muito obrigado Jéfferson. Abraço.

 .

 

Escrito por Jéfferson Balbino às 16h53 [ ] [ envie esta mensagem ] []

Entrevista Especial - NO MUNDO DOS FAMOSOS

.

 

Dia 14 de Novembro

.

 

.

A próxima “Entrevista Especial – NO MUNDO DOS FAMOSOS” será com uma grande e talentosa atriz da TV Brasileira: LUCÉLIA SANTOS, que em Janeiro estará de volta na tela da TV Globo na nova temporada da série “Aline”.  

 .

 

 

E em breve uma imperdível Entrevista com o renomado autor GILBERTO BRAGA. Aguardem!

 .

OUTRAS ENTREVISTAS

 . 

Pra você que perdeu as outras entrevistas realizadas por mim aqui NO MUNDO DOS FAMOSOS, aí vai o link de cada uma pra você poder ler, ou reler novamente. Clique em cima do nome do entrevistado para ler a Entrevista Especial realizada.

 

.

1 - NILSON XAVIER (escritor)

2 - MARGARETH BOURY (autora de novelas)

3 - REYNALDO BOURY (diretor de TV)

4 - BABI XAVIER (atriz/apresentadora)

5 - NÉLIO JÚNIOR (jornalista/repórter de TV)

6 - MARCÍLIO MORAES (autor de novelas)

7 - RICARDO LINHARES (autor de novelas)

8 - ANA MARIA MORETZSOHN (autora de novelas)

9 - DUCA RACHID (autora de novelas)

10 - ADA CHASELIOV (atriz)

11 - MAYRA DIAS GOMES (escritora)

12 - THELMA GUEDES (autora de novelas)

13 – ANDRÉ REBELLO (ator)

14 – KADU MOLITERNO (ator)

15 - MAURICIO MACHADO (ator)

16 - LAURO CÉSAR MUNIZ (autor de novelas)

17 - STELLA FREITAS (atriz)

18 - ALCIDES NOGUEIRA (autor de novelas)

19 - EDWIN LUISI (ator)

20 - MAURO ALENCAR (Doutor em Teledramaturgia/escritor)

21 - SOLANGE CASTRO NEVES (autora de novelas)

22 - WHALTER NEGRÃO (autor de novelas)

23 - BÁRBARA BRUNO (atriz)

24 - RENATA DIAS GOMES (autora de novelas)

25 - MATEUS CARRIERI (ator)

26 - LETÍCIA DORNELLES (autora de novelas)

27 - TAMARA TAXMAN (atriz)

.

.

.

Escrito por Jéfferson Balbino às 16h12 [ ] [ envie esta mensagem ] []

Momento de Reflexão

.

Escrito por Jéfferson Balbino às 15h34 [ ] [ envie esta mensagem ] []

Vida de Artista: Cleyde Yáconis afastada de "Passione"

.

A interprete da 'adorável' Brígida, a atriz Cleyde Yáconis deverá continuar afastada das gravações da novela "Passione" até o dia 15 de novembro. A atriz está se recuperando da operação que teve que fazer no fêmur após cair um tombo e fraturar a bacia. Cleyde tem 86 anos de idade, mas com muita disposição, principalmente pra atuar.

.


Escrito por Jéfferson Balbino às 14h49 [ ] [ envie esta mensagem ] []

Boletim da TV

.

Nota DEZ

.

.

.

Para as respectivas entrevistas da Presidente eleita Dilma Rouseff nos telejornais: "Jornal da Record" e "Jornal Nacional". Embora a entrevista da Record, tenha sido ainda melhor por ser a primeira entrevista exclusiva da Presidente e também por ser conduzida pelas belíssimas e talentosas jornalistas Ana Paula Padrão e Adriana Araújo, que nos brindaram com uma entrevista descontraída, informal e instigante. A entrevista do Jornal Nacional foi mais formal, mais séria, com reportagens intercalando no bate-papo entre Willian Bonner com a Presidente. A Dilma na Globo parecia menos a vontade que a Dilma na Record, talvez pelo fato da Globo ter apoiado ocultamente o candidato José Serra ao contrário da emissora de Edir Macedo que apoio ela. 

.

.

Nota ZERO

.


.

Mais uma vez para a reprise de "Sete Pecados" que é um estorvo na programação vespertina da Globo. Nessa semana a emissora chegou a compactar 9 capítulos em 1. A trama já chegou no 101º capítulo da exibição original, e só foram exibidos até o momento apenas 39 capítulos de reprise. Se continuar nesse ritmo em dezembro já teremos uma nova substituta para "Sete Fiascos" como a trama vem sendo chamada pelos telespectadores da sessão.

.

Escrito por Jéfferson Balbino às 14h35 [ ] [ envie esta mensagem ] []

Vida de Artista: Ricky Martin fala de sua homossexualidade em Entrevista

Ricky Martin participa de premiação de música latina em Porto Rico (29/04/2010)

.

Na próxima semana, na quinta-feira (11) o “The Oprah Winfrey Show” exibe entrevista inédita onde Ricky Martin conta à Oprah por que resolveu assumir a sua homossexualidade. No programa, o cantor diz a apresentadora que não aguentava mais guardar segredo sobre o assunto. "Era muito doloroso, mas eu acho que a coisa mais importante são meus filhos. Quando eles ainda eram bebês e estavam no meu braço, eu pensava: ‘Eu vou ensiná-los como mentir? ’”, desabafa o artista. “Antes de decidir me tornar pai, eu já aceitava quem eu era e estava feliz assim. Decidi então contar para o mundo”.

A apresentadora pergunta em dado momento como ele se sentiu após mandar o e-mail contando sobre sua sexualidade. “Eu me senti entorpecido, aliviado”, conta. “Eu estava no meu estúdio, sozinho, quando meu assistente entrou, eu comecei a chorar feito um bebê”, revela. Martin diz ainda que chorou porque se sentiu livre e que, finalmente, poderia dizer que se amava por completo. “Durante muitos anos eu tentei fingir ser uma pessoa diferente. Eu cresci em um mundo muito conservador, numa cultura muito conservadora”.  O cantor diz que sempre se sentiu atraído por homens. “Eu sempre senti atração, com 4, 5 anos, eu já sentia essa química”.

Oprah aproveita o momento emocionante e cita um trecho do livro autobiográfico do cantor, chamado "Yo" ('Eu'), em que ele diz que o bombardeamento constante na questão homossexual o fez adiar ainda mais a verdade. “Eu queria me rejeitar. Achava que me odiava. Por isso, eu insisto que quando uma pessoa não está pronta, não devemos forçá-la a se assumir”, afirma. “Agora, estamos lidando com pessoas que estão sendo intimidadas porque são gays”, completa.

Ricky Martin decidiu abrir o jogo, ou sair do armário, como dizem por aí. Isso aconteceu no dia 29 de março de 2010, quando o cantor publicou em seu site uma carta para o público assumindo sua homossexualidade. De lá para cá, tudo mudou: ele virou um ativista pelos direitos dos gays e essa semana publicou um livro onde conta seus mais íntimos segredos.

.
Fonte: UOL
.

Escrito por Jéfferson Balbino às 13h13 [ ] [ envie esta mensagem ] []

Tela do Entretenimento: A FAZENDA 3

.

.

Daniel flerta com Carol

.

Daniel Bueno e Ana Carolina Dias não perdem tempo de flertar um com o outro. Durante a manhã deste domingo (7), enquanto caminhava pela área dos animais, o casal comentou sobre a primeira etapa do Desafio Semanal, que aconteceu ontem à noite.

Antes do início da prova, cada integrante das equipes escolheu um cartão que continha instruções para a disputa. O modelo, representante da equipe Avestruz, pôde escolher um substituto para Dudu, que inicialmente era o escolhido do grupo Coelho.

Daniel então optou por Carol para disputar a prova no lugar do ator. 

- É isso. Ainda vou aprender a dar uma rasteira e te deixar com a cara no chão, para você deixar de ser panaca - brincou Carol.

A atriz ainda disse que, se fosse ela a substituir algum integrante de outra equipe no Desafio, trocaria Daniel por Janaina. Após ouvir isso, o modelo respondeu de pronto:

- Tu está de sacanagem. Tu iria usar esse golpe baixo?

Os dois riram e, para terminar, Daniel ainda comentou o seguinte:

- Ah, eu te escolhi porque queria te ver lá em cima [na prova, os peões ficavam pendurados no alto por um equipamento de segurança].

.

Escrito por Jéfferson Balbino às 12h44 [ ] [ envie esta mensagem ] []

Galeria VIP: TELETON 2010 - O Show da Solidariedade

.

O Teleton não é programa de entretenimento mas é uma lição de vida pra todos os telespectadores, tamanha a responsabilidade social que exerce. É com o programa que a gente entende como o brasileiro é solidário e ajuda o próximo, com o programa a gente consegue perceber que tem gente que precisa mais que a gente, e que se cada um de nós fazermos a nossa parte conseguiremos viver num país melhor. Por essas e outras razões eu torço para que o programa continue sempre no ar, até porque a atração é uma válvula de escape pra todos aqueles que necessitam.

.

P.S.: O programa atingiu a meta e conseguiu arrecadar R$ 23 milhões.

.

Escrito por Jéfferson Balbino às 11h56 [ ] [ envie esta mensagem ] []

Emoção nas Novelas: POR AMOR (Canal Viva)

Resumo - 08/11 a 12/11/2010

.
Posted Image
.
CAPÍTULO 124
.
08/11/2010
.
ROSE FAZ O POSSÍVEL para acalmar Branca, que se esforça para não deixar transparecer que acaba de descobrir que Isabel é a amante de Arnaldo. Catarina aconselha Eduarda a se reconciliar com Marcelo. Mais controlada, Branca se comporta como de hábito diante dos convidados de Arnaldo. Marcelo convida Eduarda para viajar. Branca planeja ir à casa de Isabel para pegar todas as jóias que Arnaldo deu a ela. Atílio volta a dizer a Helena que ela está escondendo alguma coisa a respeito da noite em que ela e Eduarda deram à luz. Sandrinha melhora e volta á freqüentar o colégio. Helena sai para caminhar. Rose e Branca combinam ir à casa de Isabel para pegar as jóias.
.
.
CAPÍTULO 125
.
09/11/2010
.
BRANCA DIZ a Rose que elas precisarão da ajuda de um chaveiro para entrar na casa de Isabel. Virgínia ouve Rafael discutindo com alguém no telefone e fica cismada. Magnólia e Genésio voltam à casa de Meg. Branca diz a Rose que não pretende se separar de Arnaldo. Helena desabafa com Virgínia. Eduarda se preocupa com o abatimento de Helena, que procura disfarçar Laura sente enjôo. Virgínia diz a Eduarda que seria melhor para Marcelinho se ela e Marcelo se reconciliassem. Oscar diz a Wilson e Zito que eles precisam arranjar uma namorada para Genésio. Flávia volta ao trabalho. Branca e Rose levam um chaveiro ao apartamento de Isabel. Helena vai ao escritório e encontra Isabel e Atílio almoçando juntos.
.
CAPÍTULO 126
.
10/11/2010
..
BRANCA ENCONTRA o porta-jóias de Isabel e o leva consigo. Antes de sair, ela esquadrinha o apartamento, encontra a minuta de um contrato de compra e venda e descobre que Isabel estava pretendendo trocar de apartamento. No escritório, Atílio convida Helena para almoçar com ele e Isabel. Ela recusa, e ele se porta com indiferença. Marcelo vai visitar Eduarda e pede novamente que ela volte para o apartamento deles. Milena e Orestes visitam Nando. O empresário que está negociando com Arnaldo se mostra disposto a formalizar a parceria. Laura esquece o teste de gravidez no sofá. Elvira, a empregada de Meg, o encontra e mostra à patroa. Já de volta à mansão, Branca mostra a Rose o conteúdo do porta-jóias de Isabel.
.
.
CAPÍTULO 127
.
11/11/2010
..
BRANCA E ROSE admiram as jóias de Isabel. Aninha diz a Flávia que Helena precisa falar com ela o mais depressa possível. Atílio diz a Marcelo que Helena esta escondendo algo deles e de Eduarda. Marcelo fica preocupado diante de tal afirmação. Rose garante a Branca que Nando não tem qualquer chance de ser inocentado. Meg obriga Laura a fazer o teste de gravidez e esbofeteia a filha quando ela confirma que esta grávida. Eduarda diz a Marcelo que aþita viajar com ele. Ao chegar em casa, Isabel constata que suas jóias sumiram e vê o bilhete de Branca. Flávia vai à casa de Helena e Atílio se insinua para ela. Branca dá folga a Zilá e fica sozinha em casa. Isabel vai à casa de Branca.
...
CAPÍTULO 128
.
12/11/2010
.
BRANCA DIZ a Isabel que não vai lhe devolver as jóias e elas se atracam. Durante a conversa, Flávia percebe que Atílio e Helena estão estremecidos. Meg conta a Trajano que Laura está grávida. Depois muito relutar, Branca acaba entregando as jóias a Isabel, que revela ter provas das falcatruas cometidas por Arnaldo. Atílio decide deixar a empresa logo que concluir o projeto do shopping. Arnaldo chega em casa e é agredido por Branca. O julgamento de Nando é marcado. O delegado diz a Nando que sabe que ele é inocente, mas avisa que seu advogado precisa melhorar sua defesa. Atílio pede a Helena que leia seu diário para ele e ameaça pedir a separação se ela não o fizer.
.

Escrito por Jéfferson Balbino às 11h37 [ ] [ envie esta mensagem ] []