Meu perfil




BRASIL, Sul, JACAREZINHO, Homem, de 15 a 19 anos, Informática e Internet, Música, TV e Novelas

Entrevista Especial com EDWIN LUISI - Parte 1

edwin luisi, posada, int e atomo Foto: TV Globo/Divulgação

.

Hoje meu entrevistado é um grande ator do nosso país. Ele já atuou em várias novelas de sucesso da TV Brasileira, e encenou diversos espetáculos de grande repercussão. Agora em 2010 ele completou 40 anos de uma carreira sólida e de muito sucesso, e em breve voltará pra telinha com a próxima novela da Record, a adaptação brasileira da trama mexicana Rebelde. Minha entrevista é com o ator EDWIN LUISI.

 

Jéfferson Balbino: Edwin, como você se descobriu ator?

 

Edwin Luisi: Foi totalmente por acaso, tinha um amigo que se inscreveu num curso de teatro e me pediu pra ir com ele. Os professores gostaram de mim e eu fui ficando, ficando e deu no que deu.

 

 

Jéfferson Balbino: Como surgiu o convite pra você entrar pra TV?

 

Edwin Luisi: Depois que terminei esse curso, fui fazer a Escola de Arte Dramática da USP , me formei , fiz teatro em S. Paulo durante três anos , quando o Gilberto Braga , então critico teatral na época, foi assistir a uma peça que eu fazia e me convidou pra fazer a Escrava Isaura aqui no Rio.

.

.

Jéfferson Balbino: Quando você começou sua carreira de ator, em quem você se inspirava?

 

Edwin Luisi: Não me inspirei em ninguém. Como todo jovem eu estava querendo achar minha própria identidade.

.

.

Jéfferson Balbino: Em 1976, você interpretou Álvaro o protagonista da novela “Escrava Isaura” (Rede Globo). O que você destacaria desse importante trabalho?

 

Edwin Luisi: A melhor coisa foi que todas as portas se abriram depois dessa novela e ainda o maior dos prêmios: me mudei pro Rio e estou ate hoje nesse cidade que amo .

 

 

Jéfferson Balbino: Você fez parte do elenco das novelas “O Astro” (Rede Globo/1977) e “Sétimo Sentido” (Rede Globo/1982). Que experiência você adquiriu como ator, trabalhando com a grande autora Janete Clair?

 

Edwin Luisi: Qualquer trabalho traz um mundo de experiências e trabalhar com um texto da Janete era muito especial.

 

 

Jéfferson Balbino: Por falar na novela “O Astro” foi seu personagem, o Felipe Cerqueira, quem matou o Salomão Ayalla (Dionísio Azevedo). Como foi a repercussão desse desfecho?

 

Edwin Luisi: Naquela época a Globo dava 80 de ibope e essa novela particularmente foi um enorme sucesso. No dia em que foi anunciado que meu personagem tinha sido o assassino, sai na primeira página de todos os grandes jornais do Brasil. Fiquei vários dias sem poder sair de casa tamanho foi o alarde em relação a mim.

 

 

Jéfferson Balbino: Na novela “Dona Xepa” (Rede Globo/1977), você interpretou um personagem marcante, que era o Daniel, que vivia sendo rejeitado por Rosália (Nívea Maria). Como é que foi a composição desse personagem?

 

Edwin Luisi: Esse personagem era muito próximo do que eu era na época: tímido e romântico.

.

.

Jéfferson Balbino: O que você destacaria de sua trajetória no teatro?

 

Edwin Luisi: Tive a sorte de fazer grandes peças com os melhores diretores, autores e atores. Ganhei muitos prêmios ao longo da carreira. Fiz peças que marcaram época que até hoje são comentadas pelos jornalistas, críticos e pessoas do teatro. Como são 40 anos de profissão vou destacar “A Margem da Vida”, “A Resistência”, “Amadeus”, “Freud”, “Triunfo Silencioso”, “ Eu Sou Minha Própria Mulher” e “Tango Bolero e Cha Cha Cha” .

 

 

Jéfferson Balbino: Como era contracenar com a atriz Elizabeth Savala na novela “Pão Pão Beijo Beijo” (Rede Globo/1983)?

 

Edwin Luisi: Savalla era minha amiga desde a época da Escola de Teatro e somos amigos até hoje. Trabalhar com ela foi uma das boas lembranças que tenho da televisão.

 

 

Jéfferson Balbino: Qual foi o seu trabalho preferido no Cinema?

 

Edwin Luisi: Não fiz nada expressivo no cinema que tenha me marcado de uma forma especial.

 

 

Jéfferson Balbino: Como você constrói seus personagens?

 

Edwin Luisi: Não tenho um método especifico, alias no meu entender métodos aprisionam. Algumas vezes vou mais pela intuição, outras pelo raciocínio, mas sempre estudo bem o texto e vejo o que o autor quer dizer.

.

.

Escrito por Jéfferson Balbino às 22h33 [ ] [ envie esta mensagem ] []

Entrevista Especial com EDWIN LUISI - Parte 2

.

Jéfferson Balbino: Você atuou na novela “Dona Beija” (Rede Manchete/1986). Qual foi sua reação quando o SBT reprisou a trama no ano passado?

 

Edwin Luisi: Dona Beija foi uma linda novela e tenho ótimas recordações daquela época mas não consegui ver nada da reprise .

 

 

Jéfferson Balbino: Na Manchete você fez diversas novelas e minisséries. O que você aponta como diferencial na teledramaturgia de sucesso da extinta emissora?

 

Edwin Luisi: Havia uma tentativa de ser fazer coisas diferentes e assim  foi com Pantanal, Ana Raio e Zé Trovão, Marquesa de Santos e Dona Beija. Havia um clima de fraternidade onde todos torciam pela emissora que era comandada pelo Seu Adolpho que era um ser humano fantástico.

.

.

Jéfferson Balbino: Você fez parte do elenco da novela “Pacto de Sangue” (Rede Globo/1989), que foi totalmente gravada antes de ir ao ar. Foi difícil conduzir o personagem sem ter a resposta do público?

 

Edwin Luisi: Faz tanto tempo que nem me lembrava desse grande detalhe. Não ficou gravado na minha memória algo importante a respeito disso.

 

 

Jéfferson Balbino: Existe alguma diferença para o ator entre fazer televisão e teatro?

 

Edwin Luisi: Tudo faz parte da arte de representar, mas são dois veículos totalmente diferentes e o grande diferencial é a presença ao vivo do publico.

 

 

Jéfferson Balbino: Como foi sua passagem pela teledramaturgia da Band, com a minissérie “O Cometa” (1989).

 

Edwin Luisi: Outro ponto obscuro na minha memória. Lembro vagamente que viajávamos muito e da presença de um grande ator que se foi prematuramente: Carlos Augusto Strasser.

 

 

Jéfferson Balbino: Qual é sua rotina quando você está gravando uma novela?

 

Edwin Luisi: Sou péssimo em rotina, mas quando faço novela não tem jeito. Meus dias são sempre iguais, ou seja, acordo e vou gravar, volto e vou decorar e assim são meus dias durante uns bons meses. Qualquer ator que esta fazendo novela tem pouca vida pessoal e social mas quando acaba a gente vê que a vida é bela !

 

 

Jéfferson Balbino: Você participou da novela “Mulheres de Areia” (Rede Globo/1993). Como foi participar dessa novela? E, como você avalia o trabalho da grande e saudosa autora Ivani Ribeiro?

 

Edwin Luisi: Era um remake que foi feito com muito carinho pela Globo para homenagear a Ivani. Trabalhar com o Wolf e ter a Glorinha fazendo duas irmãs foi um grande diferencial na minha carreira. Eu conhecia a Ivani de São Paulo, ela era uma pessoa muito querida.

.

.

Jéfferson Balbino: Qual foi sua fonte de inspiração pra interpretar sua personagem Lana Lee, que é uma transexual que você interpreta no espetáculo “Tango, Bolero e Cha, Cha, Cha”?

 

Edwin Luisi: Lana Lee é um personagem totalmente diferente de tudo que já tinha feito e como sou um grande admirador dos personagens de Almodovar e ele trabalha muito com esse universo de transexuais, travestis e mulheres sempre a beira de um ataque de nervos, foi muito natural me aproximar da sua obra no momento que estava levantando o personagem.

 

 

 

Jéfferson Balbino: Como você lida com as criticas, em relação a seu trabalho?

 

Edwin Luisi: Depois de tanto tempo de trabalho acho que lido de uma maneira bem saudável. Quando falam bem, tenho a certeza que estão certos. Quando falam mal, acho todos incompetentes. (risos).

 

 

Jéfferson Balbino: Você já está confirmado no elenco da adaptação brasileira da novela “Rebelde” (Rede Record). O que você pode nos adiantar desse seu próximo trabalho?

 

Edwin Luisi: Não sei muito ainda, o pessoal da Record esta fazendo um certo mistério pra deixar as pessoas bem curiosas . Só sei que faço um cara vaidosão que é viúvo com uma filha e tem varias mulheres querendo fisgá-lo.

 

 

 

Jéfferson Balbino: Agora em 2010, você completa 40 anos de carreira. Que avaliação final você faz dessa jornada?

 

Edwin Luisi: Gosto de olhar pra trás e ver que fiz uma carreira bem significativa sem vender minha alma, minhas convicções. Lembrar que sou de uma família humilde sem veleidades artísticas e saber que dei motivo de muito orgulho pros meus pais que nunca me impediram de seguir essa profissão tão incerta. Vivi grande momentos no teatro e tenho certeza que ainda viverei.

 

 

Jéfferson Balbino: Pra finalizar, nossa tradicional pergunta: Qual foi a melhor novela que você assistiu?

 

Edwin Luisi: Como sempre estudei a noite e sempre faço teatro nunca tive tempo de seguir novela, mas o pouco que vi acho que Roque Santeiro foi à melhor.

 

 

Jéfferson Balbino: Edwin, muito obrigado por conceder essa entrevista. Sinto-me muito honrado por ter lhe entrevistado. Quero aproveitar pra lhe desejar muito sucesso nesse seu novo trabalho, e te parabenizar por essa brilhante carreira. Grande Abraço!

 

     Edwin Luisi: Obrigado Jéfferson, um grande abraço pra você.

.

.

Edwin Luisi como Lana Lee na peça “Tango, Bolero e Cha, Cha, Cha”

.

Escrito por Jéfferson Balbino às 22h23 [ ] [ envie esta mensagem ] []

Entrevista Especial - NO MUNDO DOS FAMOSOS

.

Dia 18 de Setembro

.

Semana que vem eu entrevisto a maior referencia sobre a Teledramaturgia Brasileira: MAURO ALENCAR, que é autor do livro “A Hollywood Brasileira – Panorama da Telenovela no Brasil” e, é mestre e doutor em teledramaturgia brasileira e latino-americana pela USP. Não perca a nossa próxima entrevista que será uma verdadeira aula sobre nossas telenovelas.

.

OUTRAS ENTREVISTAS

.

Pra você que perdeu as outras entrevistas realizadas por mim aqui NO MUNDO DOS FAMOSOS, aí vai o link de cada uma pra você poder ler, ou reler novamente. Clique em cima do nome do entrevistado para ler a Entrevista Especial realizada.

.

1 - NILSON XAVIER (escritor)

2 - MARGARETH BOURY (autora de novelas)

3 - REYNALDO BOURY (diretor de TV)

4 - BABI XAVIER (atriz/apresentadora)

5 - NÉLIO JÚNIOR (jornalista/repórter de TV)

6 - MARCÍLIO MORAES (autor de novelas)

7 - RICARDO LINHARES (autor de novelas)

8 - ANA MARIA MORETZSOHN (autora de novelas)

9 - DUCA RACHID (autora de novelas)

10 - ADA CHASELIOV (atriz)

11 - MAYRA DIAS GOMES (escritora)

12 - THELMA GUEDES (autora de novelas)

13 – ANDRÉ REBELLO (ator)

14 – KADU MOLITERNO (ator)

15 - MAURICIO MACHADO (ator)

16 - LAURO CÉSAR MUNIZ (autor de novelas)

17 - STELLA FREITAS (atriz)

18 - ALCIDES NOGUEIRA (autor de novelas)

.

.

.

Escrito por Jéfferson Balbino às 19h23 [ ] [ envie esta mensagem ] []

Galeria VIP: O domingo de sucesso da Rede Record

.

Galeria VIP: O domingo de sucesso da Rede Record

 

.

O último domingo foi de festa e sucesso para a Rede Record, pois a emissora de Edir Macedo conseguiu vencer a Rede Globo durante todo o dia, e ainda na cidade-sede da emissora: Rio de Janeiro. A Record conquistou 12.5 pontos de audiência, contra 12.3 pontos da TV Globo. No dia 22 de Agosto, na capital do Pará, em Belém, a emissora da Barra Funda conquistou na média-dia 16 pontos contra 11 da TV Globo. Isso reforça o empenho e garra que a Record está tendo para conseguir a almejada liderança.

.

Escrito por Jéfferson Balbino às 19h07 [ ] [ envie esta mensagem ] []

BOLETIM DA TV

.

.

Nota DEZ

 

Para o programa “Legendários” da Rede Record. Eu acho o programa interessante, com um humor aguçado, é de longe o melhor trabalho da carreira de Marcos Mion. Infelizmente a audiência ainda deixa a desejar. Raramente a atração consegue se manter isoladamente na vice-liderança.

.

 

.

.

Nota ZERO

 

Para o programa “Eliana” do SBT. A atração comandada pela loira é a pior opção nos domingos da TV aberta. Geralmente, o programa apresenta pautas que não consegue atrair os telespectadores, tanto que a audiência do programa anda de mal a pior... A única solução seria reformular a atração!

.

 

Escrito por Jéfferson Balbino às 18h45 [ ] [ envie esta mensagem ] []

SHOW DE INTERPRETAÇÃO: FERNANDA MONTENEGRO

.

.

SHOW DE INTERPRETAÇÃO: FERNANDA MONTENEGRO

 

 

Não é a toa que a exuberante atriz Fernanda Montenegro é considerada a melhor atriz brasileira. Atualmente na pele de Bete Gouveia, da novela “Passione”, Fernanda vem dando um verdadeiro show de interpretação, mostrado que mesmo aos 80 anos ainda tem muita vitalidade e disposição pra atuar. Todas as personagens interpretadas pela atriz é marca garantida de sucesso, afinal, os trabalhos dela são memoráveis, quem não se lembra da elegante vilã Bia Falcão da novela “Belíssima”? Ou ainda da temível Vó Manoela de “Riacho Doce”? Fernanda é a prova viva da fusão: talento e sucesso.

.

.

Escrito por Jéfferson Balbino às 18h20 [ ] [ envie esta mensagem ] []

ESPAÇO ABERTO: FAMOSOS APÓIAM A CANDIDATA ‘’MARINA SILVA’’

.

 

ESPAÇO ABERTO: FAMOSOS APÓIAM A CANDIDATA ‘’MARINA SILVA’’

.

Esta cada vez mais crescendo o numero de famosos que apóiam a candidata do PV à Presidência da República. Até mesmo a atriz Letícia Sabatella, que é petista, esta apoiando a candidata que aparece com 11% nas pesquisas. A atriz disse à imprensa que Marina seria uma ‘continuação maravilhosa do Presidente Lula’. Ela ainda disse: “O Lula trouxe uma dimensão do nosso povo para a presidência, e a Marina faz a continuidade disso”.  Na lista de artistas que apóiam Marina Silva estão:

·       .

           Gilberto Gil

·         Adriana Calcanhoto

·         Caetano Veloso

·         Tom Zé

·         Marisa Monte

·         Lobão

·         Jô Soares

·         Fernando Meirelles

·         Patrícia Pillar

·         Maria Bethânia

·         Marcos Palmeira

·         Letícia Spiller

·         Ratinho

·         Bruno Gagliasso

·         Leandra Leal

·         Luciano Huck

.

 

Meu voto também é pra Marina Silva, que é a candidata mais coerente, com melhores propostas para fazer o Brasil progredir ainda mais... E pra você, qual é o melhor candidato para governar o nosso país?

.

 

Escrito por Jéfferson Balbino às 13h47 [ ] [ envie esta mensagem ] []

PERSONAGENS MARCANTES: ODORICO PARAGUAÇÚ

 

.

.

 

PERSONAGENS MARCANTES: ODORICO PARAGUAÇÚ

.

Um dos mais celebres personagens do grande e saudoso dramaturgo Dias Gomes é o inesquecível e marcante Odorico Paraguaçú que foi interpretado pelo magistral ator Paulo Gracindo na novela “O Bem-Amado” (Rede Globo/1973).Odorico é o prefeito da pacata e tumultuada cidade de Sucupira, ele consegue se eleger ao cargo tendo como plataforma de governo inaugurar um cemitério, já que a cidadezinha desprovia de um...Porém, após  a inauguração do cemitério ninguém da cidade morria, para desespero do prefeito. Esse marcante personagem foi interpretado por vários atores como: Procópio Ferreira, que foi o primeiro a interpretar no teatro, Rolando Boldrin e Marco Nanini também deu vida a esse cômico prefeito. Porém, que interpretou com mais habilidade foi mesmo o grande ator Paulo Gracindo que fez de Odorico um marco na história da teledramaturgia brasileira.

.

 

 

Escrito por Jéfferson Balbino às 12h15 [ ] [ envie esta mensagem ] []

EMOÇÃO NAS NOVELAS: “ANA RAIO E ZÉ TROVÃO”

.

 

EMOÇÃO NAS NOVELAS: “ANA RAIO E ZÉ TROVÃO”

 

NO CAPÍTULO DE HOJE...

 

Maria Lua consegue se esconder e Ubiratan sai sem imaginar que ela está na fazenda. Gorda conta para Zé Trovão que visitou o túmulo de seus pais e o convida para ir té lá. Marisa percebe que Zé Trovão está mesmo apaixonado por Ana e pede a ajuda de Gorda para reconquistá-lo. Daniel diz a Marilda que está disposto a tudo para descobrir quem é mulher que está na casa de repouso. O capataz comenta com Ubiratan que a menina que ele procura esteve na fazenda. Imediatamente, ele avisa Leopoldo que Maria Lua está em Santa Rosa e aproveita para falar com o sócio sobre Maria Gasolina e a quantia que ela está pedindo pelo seu silêncio. Leopoldo decide viajar imediatamente para Santa Rosa. Ubiratan volta ao bordel e tenta negociar com Maria Gasolina, mas ela está irredutível e disposta a revelar tudo sabe sobre Canjerê. Maria Lua chega na casa dos italianos, faz perguntas a Lamberto sobre o incêndio que destruiu a fazenda há doze anos e fica perplexa quando ele afirma que lá nunca houve incêndio. 

.

 

Escrito por Jéfferson Balbino às 01h45 [ ] [ envie esta mensagem ] []

BASTIDORES DA TV

.

 

BASTIDORES DA TV: RECORD PRETENDE LANÇAR O CANAL‘’RECORD SPORTS’’


.

A emissora de Edir Macedo pretende fazer um novo e gigantesco investimento na televisão brasileira inaugurando um novo canal: o Record Sports, que consiste na transmição de uma programação 100 % esportiva. O plano do grupo é levar esse canal ao ar já em 2011, o canal substituiria o sinal da Rede Família e poderá seguir num pacote para TV à cabo incluindo os demais canais do grupo.

.

 

 

Escrito por Jéfferson Balbino às 00h41 [ ] [ envie esta mensagem ] []